PokerStars

Masters 1000 de Cincinnati – 14/08/2017 às 15h

Ambos se enfrentaram há poucos meses no saibro de Roma, e Kyle Edmund levou a melhor em sets diretos.

Edmund é um tenista agressivo, tem ótimo forehand e é sólido no fundo de quadra. Em Montreal, o britânico acabou não resistindo ao jogo mais intenso de David Ferrer e foi eliminado logo na estreia. Sua movimentação de pernas está longe de ser ruim, mas é um aspecto que precisa evoluir no seu jogo.

Saibrista, João Sousa teve que furar o qualifying para avançar até a chave principal. Sousa tem boa movimentação de pernas, é agressivo com o forehand e não é grande sacador. No quali não teve grandes dificuldades. Passou por Tim Smyczek e Ante Pavic, respectivamente — sem ceder set.

Antes de disputar o quali de Cincinnati, Sousa estava disputando torneios no saibro na Europa. Já Edmund vem disputando torneios no piso duro há mais dias — chegou a ser semifinalista em Atlanta.

Sobre a partida, acredito que os dois serão agressivos, mas Edmund serve um pouco melhor e está mais adaptado ao piso. Essas pequenas vantagens podem fazer a diferença no duelo a favor do britânico. E é bom ressaltar novamente que Edmund venceu o português há poucos meses no saibro — piso favorito do Sousa. Portanto, vamos com vitória do britânico aqui.

pt-brPortuguês

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here