PokerStars

Masters 1000 de Cincinnati – 16/08/2017 às 13h20

Nicky kyrgios, que tem convivido com lesão no quadril, vem de vitória sobre o também combalido David Goffin. O próprio australiano admitiu o incômodo após a partida. “ Ele (Goffin) obviamente não estava em 100% hoje, mas você sabe, eu também não estou em 100%, então foi uma batalha”, resumiu Kyrgios.

É bom lembrar que há poucos dias o australiano mau estava conseguindo chegar na bola em Montreal. Além disso, lesão no quadril é muito frustrante para o tenista, pois limita, principalmente, os movimentos laterais.

O tem ajudado Kyrgios nas partidas é o bom saque. “Mas eu servi bem em momentos cruciais (contra Goffin). Estou me sentindo bem. Penso que enquanto eu puder continuar apresentando performances como essas e poder competir, acho que estarei bem”, disse ele aos jornalistas.

Já Alexandr Dolgopolov, que furou o quali, surpreendeu na primeira rodada, e despachou o competente Kevin Anderson em sets diretos. O ucraniano é extremamente técnico, mas o lado mental e o físico não o ajudam muito. Aparentemente, ele parece estar bem fisicamente, pois competiu em alto nível contra o sul-africano.

Sobre a partida, acredito que Dolgopolov explorará o físico limitado do rival e, com isso, pode ter boas chances de avançar à terceira rodada. Por mais que o australiano esteja sacando bem, a tendência é que ele sinta mais dores no quadril. E outra, como o ucraniano tem boa técnica e consegue abaixar a bola com facilidade, pode incomodar ainda mais o australiano.

Com base nas considerações acima, irei apostar no handicap positivo de +2,5 games para Dolgopolov, mas somente com 1 unidade.

pt-brPortuguês

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here